Elliott on Congruence

Robert Elliott é co-autor com L. Greenberg e outros, da Terapia Processual-experiencial, focada nas emoções. Colabora com a Sociedade na Especialização em Psicoterapia, através do treino em TPE/EF. Em Fevereiro de 2010 visitou-nos em Lisboa para um workshop de 2 dias.

    Robert Elliott – Formas de Congruência


    Email  E-mail Email  Share

    Formas de Congruência
    Congruência significa, apenas, correspondência, há algo que corresponde. Há uma congruência entre o que estamos a experienciar e como nos apresentamos ao mundo – a isto chamo transparência ou self-disclosure [auto-revelação]. Bom, isto é um tipo de congruência. Há, depois, outro tipo de congruência relacionada com o facto de haver, ou não, correspondência entre o que alguém pensa que está a experimentar e o que realmente está a experimentar. Portanto, se alguém disser a si mesmo “Eu não estou zangado”, mas na verdade arde de raiva por dentro, neste caso não existe congruência – que eu prefiro designar por autenticidade –, não existe correspondência entre a experiência interna, sentida no corpo, e o que a pessoa pensa acerca de si mesma. Portanto, este segundo tipo de congruência tem mais a ver com a autenticidade. Mas há outra questão: quanto é que eu revelo de mim em termos de self-disclosure? Quão transparente sou para as outras pessoas? Isso vai depender da situação, do que for mais apropriado. Se eu revelar algo de mim, enquanto psicoterapeuta ou terapeuta, é sempre para apoiar o trabalho terapêutico em que estamos envolvidos. Nunca revelo nada só por revelar. E certamente quero que seja muito claro para mim qual o ponto de partida daquilo que estou a experienciar. Se estiver a sentir-me irritado com o meu cliente isto é, certamente, sinal de que se está a passar outra coisa qualquer, não é verdade? A não ser que ele me esteja a destruir a mobília. Mas normalmente, se estou irritado com o cliente é porque começo a ficar ansioso por não estar a ser capaz de o ajudar, ou então, porque me sinto triste porque estamos a perder uma oportunidade. Há ali emoção – a que chamo emoção adaptativa primária – e a minha irritação é uma reacção emocional secundária a isso, a esta outra coisa que se está a passar, e que é mais básica. Sendo assim, se opto por revelar uma emoção ao meu cliente quero ter a certeza de que se trata de uma emoção adaptativa primária, uma emoção que diga algo de real acerca do que se está a passar, e que não seja apenas uma reacção que estou a ter.



    Video / Audio

    Video - 11:24

    Psicoterapia e Neurociências - Part III, IV, VÓscar Gonçalves5,423 visualizações

    Video - 08:03

    EFT for CouplesRhonda Goldman815 visualizações

    Video - 03:07

    After ConstructivismGiampiero Arciero6,700 visualizações

    Video - 25:55

    Conjugalidades - Parte I,II,IIIIsabel Narciso4,512 visualizações

    Audio - 50:16

    Sexualities & ConstructivismSara Bridges9,465 visualizações

    Video - 05:55

    Introducing IFS to Children | Lisa SpiegelLisa Spiegel95 visualizações

    Video - 25:57

    Constructivism in Psychotherapy - part V, VIRobert Neimeyer4,467 visualizações

    Video - 16:19

    Constructivism in Psychotherapy - part VIIRobert Neimeyer3,169 visualizações

    Video - 02:48

    Parts Good Intention | Lisa SpiegelLisa Spiegel25 visualizações

    Video - 13:41

    Emotion-Focused Therapy - Training & EvolutionLeslie Greenberg6,923 visualizações

    Video - 14:45

    Emotion-Focused Family TherapyJoanne Dolhanty: Part I1,108 visualizações

    Video - 28:27

    Terapias Dialogicamente OrientadasMiguel Gonçalves3,110 visualizações

    Video - 04:35

    Psicoterapeutas em treino6,197 visualizações

    -

    How do you change emotions?Les Greenberg317 visualizações

    Video - 13:28

    Constructivism in Psychotherapy - part III, IVRobert Neimeyer3,207 visualizações

    Video - 1:31

    Metacognitiva Interpessoal para PPMIT for Personality Disorders -Teaser2,629 visualizações

    Video - 06:33

    Strategies of Grief Therapy - 2010's Workshop openingRobert Neimeyer4,469 visualizações

    Video - 13:19

    Intervir com personalidades difíceisGiancarlo Dimaggio2,803 visualizações

    Video - 15:32

    Constructivism in Psychotherapy - part I,IIRobert Neimeyer6,183 visualizações

    Video - 02:18

    EFT for Complex TraumaSandra Paivio1,648 visualizações

    Video - 07:05

    After Constructivism - Part III, IV,VGiampiero Arciero15,404 visualizações

    Video - 26:47

    Violências e Vitimização - parte I e IICarla Machado7,322 visualizações

    Video - 20:16

    Psicoterapia e Neurociências - Part I, IIÓscar Gonçalves10,125 visualizações

    - 09:01

    On Phenomenology and ConstructivismRaskin and Robbins3,056 visualizações

    Video - 11:56

    Dimaggio's DST & MIT Part II, IIIGiancarlo Dimaggio2,110 visualizações

    Video - 02:35

    Empathy and CompassionRobert Neimeyer2,817 visualizações

    Video - 12:16

    Emotion Focused Therapy WorkshopLeslie Greenberg Workshop - Questions period2,973 visualizações

    Video - 08:51

    After Constructivism - Part I, IIGiampiero Arciero5,994 visualizações

    Video - 11:08

    Constructivist Grief Therapy Workshop - May 2008Robert Neimeyer3,264 visualizações

    - 01:28

    Construtivismo Radical e Psicoterapiavon Glasersfeld6,065 visualizações

    Video - 11:47

    EFT Effectiveness and Training - part III,IVRobert Elliott4,063 visualizações

    Video - 28:41

    EFT Distinctive Features and Influences, parte I,IIRobert Elliott6,272 visualizações

    Audio - 32:22

    Coherence TherapyBruce Ecker7,153 visualizações

    - 55:55

    Contacte-nos